Buscar

Rhodia e grupo de empresas lançam novo conceito de calçado sustentável e confortável


A Rhodia (Grupo Solvay) e um grupo de empresas apresentam ao mercado o primeiro protótipo de um calçado que utiliza materiais sustentáveis em todas as suas partes.


Resultado de um projeto colaborativo de empresas interessadas em incrementar a sustentabilidade e o conforto voltados para o setor calçadista, o projeto marca a entrada no setor de calçados do fio têxtil Amni® Soul Cycle, a única poliamida têxtil biodegradável reciclada do mundo, que é o mais recente desenvolvimento de fios têxteis sustentáveis da Rhodia no Brasil.


Amni® Soul Cycle é reciclada a partir de resíduo têxtil industrial (préconsumo), regenerada e transformada novamente em fio têxtil. O desenvolvimento desse produto tem o objetivo de incrementar e promover a economia circular no setor têxtil/calçadista, iniciativa em que a Rhodia está empenhada em promover em todas as suas operações.


O projeto envolve outra matéria-prima da Rhodia importante para a produção de poliuretano destinado ao setor de solados e entressolas de calçados. Trata-se do ácido adípico, cujo processo produtivo é comprometido com a sustentabilidade e pioneiro no abatimento de emissões de gases de efeito estufa e se tornou uma referência mundial no setor. “Em nossa unidade industrial para abatimento de gases de efeito estufa em Paulínia/SP, eliminamos por ano 5,3 milhões de toneladas de CO2 o equivalente a retirar de circulação 1,2 milhão de veículos e as emissões estão muito abaixo dos maiores players mundiais, informa Marlise Margaritelli, da área de Intermediários de Poliamida do Grupo Solvay.

Projeto colaborativo

O protótipo do calçado foi desenvolvido com design do estúdio Top Shoes Brasil, que utilizou o fio Amni® Soul Cycle da Rhodia, aplicados à técnica Knit, processo novo de tecelagem 3D, que faz parte da indústria 4.0. Esta técnica reduz processos, permitindo que entre o fio e saia o cabedal pronto, resultando em redução de lead time e o uso de outros recursos. “O projeto trabalha diversos pilares de sustentabilidade em parceria com os principais fornecedores do segmento calçadista. O que a Top Shoes Brasil vem fazendo é unir as indústrias que estão com esse foco de mudança para juntos alcançarmos um resultado efetivo em prol de um mundo sustentável”, diz Gustavo Dal Pizzol, CEO da Top Shoes Brasil.


Além da Rhodia - com fios têxteis de poliamida e ácido adípico - e da Top Shoes, o projeto colaborativo reuniu as empresas Adatex (tecnologia sustentável em borracha revestida e tingimento dos fios de poliamida), Tecpol (matriz e injeção do solado e entressola), Basf (poliuretano da entressola), FCC (TPU do solado), Linhasita (linha de costura e cordão para amarrar com Amni Soul Eco®), Stickfran (Gorgurão), LabelTag (etiquetas) e Ambiente Verde (materiais sustentáveis para os PDVs - pontos de vendas).


Esse projeto significa mais um avanço da empresa e de seus parceiros no sentido da economia circular no setor calçadista, valorizando o uso de materiais sustentáveis e reciclados em todas as suas etapas de desenvolvimento do calçado, sem a geração de resíduos industriais, diz Mayra Montel, da área de Poliamidas e Fibras da Rhodia.


“Cada vez mais os consumidores estão interessados em produtos que sejam amigos do meio ambiente e, ao mesmo tempo, ofereçam conforto, design e tecnologia. O nosso trabalho é traduzir esse desejo em realidade”, afirma.


Segundo Mayra Montel, o projeto colaborativo incorporou outras novidades. “Desenvolvemos um protótipo de calçado sem gênero e que pode ser ‘customizado’ pelo usuário. Também adotamos um conceito 360º, que vai desde a ideia inicial do calçado até a instalação de displays para pontos de venda quando esse produto alcançar a fase comercial”, afirmou.

Entre em contato conosco

Revista Tecnicouro

Rua Araxá, 750 - Bairro Ideal

Novo Hamburgo - RS

CEP 93334-000

(51) 3553-1000

Assine a newsletter