Buscar

Nova identidade visual e estratégia de marca


Artecola investe em posicionamento que reforça seu caráter de empresa multilatina.


No processo químico, a catalisação é um acelerador de reações. E é esse papel que a Artecola se propõe a assumir no mercado, com sua nova identidade e estratégia de marca, recentemente apresentadas em um evento que mobilizou as nove plantas da companhia em seis países. A campanha de comunicação reforça o novo posicionamento da empresa: Existimos para catalisar transformação. “Nosso propósito é promover a cocriação com clientes, fornecedores e demais parceiros para gerar transformações mais rápidas e impactantes”, enfatiza o Presidente Executivo, Eduardo Kunst.


A mudança faz parte do processo contínuo de evolução da Artecola. “Em nossa história, já vivemos períodos de grandes realizações e, alguns outros, de reorganização e crise. Mas cada momento de dificuldade sempre nos levou a fases de grande aprendizado e renovação, como esta que vivemos hoje”, reforça o executivo. “Por isso, decidimos traduzir este momento para o mercado com o mais profundo reposicionamento de marca já realizado na companhia.”


Uma das principais transformações está no perfil da empresa, que hoje se define como multilatina. “Foi um processo que evoluiu muito nos últimos dois anos. Hoje temos equipes, projetos e processos totalmente integrados em toda a América Latina, com lançamentos desenvolvidos conjuntamente com a mesma formulação para os diferentes países. Por isso, nesse momento novo, unificamos também a marca de nossos produtos”, relata Kunst.





A marca Afix agora identifica todos os produtos da Artecola, com abrangência latino-americana, tanto em adesivos, como em laminados termo-transferem valor entre si, resultando em uma família de marcas forte, valorada e pronta para o futuro.



A Empresa


A Artecola atua com adesivos, selantes e laminados termoplásticos, desenvolvendo produtos que vão para uma ampla segmentação de indústrias e varejo. Além do calçado, as inovações da empresa estão em automóveis, na construção civil, em embalagens e móveis e até mesmo no agronegócio. São produtos para inúmeras aplicações, como fraldas, cadernos, roupas, embalagens congeladas, aviários, entre muitos outros exemplos.


Recentemente, a Artecola foi apontada como a segunda mais internacionalizada do Brasil, sendo a primeira entre as indústrias químicas. O destaque é da pesquisa Trajetórias FDC de Internacionalização de Empresas Brasileiras – Edição 2020-2021, realizada pela Fundação Dom Cabral. O índice da Artecola atingiu 65% - três vezes maior que a média entre todas as 53 participantes - em um cálculo que considera receita, ativos e número de funcionários no exterior. Cerca de 2/3 dos 750 empregos diretos e mais de 60% da receita é proveniente das operações fora do Brasil, que estão sediadas na Argentina, Chile, Colômbia, México e Peru.


Aos 73 anos, a Artecola se insere no grupo de menos de 0,5% das empresas brasileiras que alcançam essa maturidade (IBGE). Na atual estrutura, conta com três áreas de negócios: Indústria, Consumo e Extrusão. No Brasil, mantém unidades no Rio Grande do Sul e em São Paulo. Mais informações: www. artecolaquimica.com.br.


A Tecnicouro conversou sobre a nova fase da Artecola com o Presidente Executivo, Eduardo Kunst. Neste bate-papo, ele fala sobre o processo de mudança.


T - Como foram pensados o processo para a construção desta nova identidade e a campanha para a divulgação das mudanças ao mercado?


E - O trabalho para construção da nova identidade começou em 2019. Iniciamos com profunda pesquisa de mercado, que foi aplicada em vários países onde a Artecola atua. O trabalho foi executado pela Kantar, uma das maiores empresas do mundo em estudos sobre o comportamento do consumidor. Nosso crescimento internacional se deu por aquisições em uma diversidade de mercados, então sentimos a necessidade de entender melhor as demandas da indús tria, dos clientes e dos usuários, assim como a força das marcas que tínhamos até então.


Para coordenar todo o projeto, foi criado um comitê interno especialmente para este fim. Desde o início, a ação contou com a importante participação da Presidente do Conselho Consultivo da Artecola, Marise Barroso, executiva que liderou de forma pioneira grandes empresas mundiais e tem nos dado uma brilhante contribuição.


T - A marca ressurge com um logo mais moderno, tanto em forma quanto na cor, em nada lembrando às utilizadas no passado. Comente como se chegou a esta proposta para simbolizar o novo momento da empresa?


E - Toda a estratégia de branding e toda identidade visual foi desenvolvida pela SuperUnion, uma agência internacional com experiência na construção de marcas de presença mundial. A agência resgatou ingredientes importantes da história da companhia para preparar a marca para o futuro. Ficamos muito satisfeitos com o resultado, enxergamos na nova identidade a leveza e a energia que buscávamos para representar esta nova Artecola, que está mais ágil, flexível, dinâmica e aberta para sempre inovar, inspirando o mercado.


Um de nossos propósitos é valorizar as relações humanas, porque acreditamos na força das pessoas para a transformação. E somos uma indústria química, queríamos também destacar nossa essência. A agência chegou, então, à energia criativa que transforma – tanto pelas pessoas, quanto pelas reações químicas. Os elementos gráficos sobre o ‘A’ representam o brilho desta energia criativa. Na mesma letra, o frasco de Erlenmeyer ressalta a precisão química e também resgata nossa história, porque o Erlenmeyer estava em nossa primeira logomarca, décadas atrás.


As formas compõem uma marca mais humana e próxima das pessoas. Ao mesmo tempo robusta, para representar solidez, e com ligações e curvas que simbolizam colaboração e parceria.


Já as cores – roxo e coral – são vibrantes porque é assim que vemos as pessoas e trabalhamos por elas. Uma combinação calorosa e humana, para transmitir essa energia em toda a comunicação nos canais virtuais e pontos de venda da marca.


T - Como este reposicionamento da marca contribui para que a Artecola atinja seus objetivos de crescimento?


E - A nova estratégia de marcas reforça nosso perfil de empresa multilatina, sustentável e com foco no desenvolvimento das pessoas. E tudo isso está traduzido em nossos produtos, com a sustentabilidade cada vez mais no alvo de nossas inovações. Estamos centrando nossa energia em soluções sustentáveis, trajetória que, até o final de 2021, irá garantir mais de 30% de crescimento sobre 2020. Daqui para frente, temos projetados lançamentos ainda mais focados na inovação sustentável, com expectativa de manter um crescimento acelerado de mais 50% de crescimento em 2022. É realmente um novo ciclo de expansão, o que nos gratifica muito e nos impulsiona para buscar sempre o melhor.