Buscar

EMBRAPII E ABBI assinam acordo para fomentar a bioinovação no País


Aliança pretende promover agenda de desenvolvimento sustentável na indústria e potencializar a inovação em setores de alto valor agregado, como farmacêutico, químico e de bioinsumos.


O Brasil conta com uma das mais amplas biodiversidades do mundo. Investir em tecnologias seguras e sustentáveis para explorar economicamente as riquezas naturais do País é estratégico para fortalecer a indústria nacional, sobretudo as empresas que utilizam a biotecnologia em seu processo produtivo, como o setor farmacêutico, agro, têxtil e químico. Para incentivar e fomentar o desenvolvimento produtos e processos inovadores, a Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) e a Associação Brasileira de Bioinovação (ABBI) assinaram um acordo de Aliança Estratégica.


A ABBI reúne empresas e instituições de diversos setores da economia que empregam ou desenvolvem processos e produtos que utilizam organismos vivos, modificados ou não, e seus derivados, em atividades de interesse econômico industrial, no contexto da bioinovação. Entre os associados estão Amyris, Basf, Braskem, DSM, DuPont, GFI, GranBio, Novozymes, Raízen.


“Temos um mercado consumidor relevante, um parque industrial diversificado e grupos de pesquisa qualificados. Somado a isso, respondemos por grande percentual da biodiversidade do mundo. Precisamos transformar essas vantagens comparativas em vantagens competitivas e fazer do Brasil protagonista nas agendas da bioeconomia global. Para tal, é preciso investir em inovação. A Embrapii é uma aliada nesse processo, além da divisão de custos no desenvolvimento dos projetos, promove a união da indústria com o conhecimento tecnológico das Unidades Embrapii. Estamos bem confiantes na parceria com a ABBI”, afirma Jorge Almeida Guimarães, diretor-presidente da Embrapii.


A aliança vai ao encontro da demanda internacional por uma indústria sustentável. A proposta é incentivar a inovação e o desenvolvimento de produtos em áreas com alto valor agregado, como os biocombustíveis avançados, bioquímicos, biomateriais, proteínas alternativas e bioinsumos.


A Embrapii promove o encontro de empresas com a rede de Unidades Embrapii, importantes centros de pesquisas no Brasil, para auxiliá-las a superar seus desafios tecnológicos. Estas unidades têm competência para desenvolver soluções em materiais avançados, química verde, reutilização de matérias-primas, biocombustíveis, cosméticos, entre outros.


O presidente executivo da ABBI considera o acordo estratégico para o setor na execução de ações conjuntas que contribuam para o estreitamento da relação entre as Unidades Embrapii e as empresas do setor industrial com interesse na bioinovação. “A ABBI fecha essa parceria pioneira com muito orgulho e grandes expectativas para a bioeconomia brasileira”, aponta.


A aliança com a ABBI se soma a uma série de ações da Embrapii com o objetivo de fortalecer laços com setores industriais específicos. A instituição também mantém acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos e Odontológicos (ABIMO), Associação Brasileira Técnica de Celulose e Papel (ABTCP), Associação Brasileira de Alumínio (ABAL), Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (ABINEE), Associação Brasileira da Indústria Têxtil (ABIT), Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC) e Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores (Sindipeças).