Buscar

Curtimento de couro future em fontes renováveis


Pioneiro no Brasil, o processo de curtimento do Couro Future em fontes renováveis é resultado de 20 anos de pesquisas e testes, no sentido de diminuir consideravelmente a carga de poluentes ambientais nocivos tanto ao homem quanto à natureza. Utilizando para este resultado o Titânio como agente químico curtente, o sistema contribui para que os calçados com eles produzidos sejam mais amigáveis ao meio ambiente.


1) Procedimento no Caleiro

Uma das vantagens é que em um só processo de fulão, se obtém o pré-remolho, o remolho depilação e a alcalinização.

- Pré-remolho (produtos biodegradáveis)

- Remolho (produtos biodegradáveis)

- Depilação (sem sulfeto)

- Abertura fibrosa (sem a cal)


2) Descarnar e Dividir

Processo de separação das graxas da superfície da pele e dividir em duas partes, raspa e pele propriamente dita, com espessura específicas e determinadas.

Senai C.T. Couro

Ordem De Serviço: N/O412 - De 15 De Maio De 2002 - Sob. N/L B 008/02


3) Desalcalinização (ácidos brandos)

Após sua divisão, a pele é submetida a um processo de desalcalinização – com a finalidade de neutralizar a alcalinidade diminuindo o pH da pele - para adequá-la ao tipo de curtente que desejar, sem risco de gessamento na estrutura fibrosa. Desta forma, sem resíduos da cal, o atravessamento do curtente e dos tingimentos no processo de recurtimento e acabamento da estrutura fibrosa se torna mais fácil e rápido.

Com isso podemos neutralizar com Cloreto de Sódio como normalmente se usa, e em sua desalcalinisação utilizamos um ácido brando vegetal, não queimando a pele e mantendo sua estrutura fibrosa intacta e sua aparência inigualável.


4) Condicionando para o Curtente (ácidos de cereais e curtente ecológico)

O pH da pele já desalcalinizada é baixado sem se mexer na estrutura fibrosa, deixando a pele aberta para receber o curtente, sendo possível reduzir o pH desta pele a 2,8 pH, o que facilita em muito o curtimento em Titânio. Este sistema, além de ser eficiente para a produção de uma pele ecologicamente correta degradável e biodegradável, também demonstra eficiência no processamento para obtenção de alimento e rações a partir das pelos processadas.


5) Curtimento em Titânio

Relatório Técnico Instituto Brasileiro de Tecnologia do Couro, Calçado e Artefatos (IBTeC)

Relatório técnico n/ 4974/ 02 - Protocolo n/ 32104 30/09/02

Amostra de banho condicionado pelo processo future e curtimento em titânio


DBO: 3,0 (mg/L DBO 5 20. C)

DQO: 21.432 (mg./L O2/L)

PH.: 3,86 ph pele após fixação do Titânio

Nitrogênio: 3,1 g/L

Fósforo Total: 33,9 mg/L


Amostra de couro vacum de cor bege processo Future curtido a o Titânio

Relatório técnico N/ 4941/02 - Protocolo: 32104-30/09/02

Teor de óxido de cromo: N/D % base úmida N/D base seca

PH do extrato aquoso: 3,37

Cifra diferencia do PH.: 0,08

Estraíveis Diclorometano: 3,0 % base úmida | 3,3 % base seca

Nitrogênio: 10,7% base úmida | 11,6% base seca

Substâncias dérmicas: 60,1 % base úmida | 65,4 % base seca

Teor de cálcio: 0,052 % base úmida 0,056 % base seca


6) Recurtimento e Acabamento

Semelhante ao que vem sendo utilizado normalmente (recurtimento em Tanino sintético ou vegetal), o Tanino sintético reproduz cores claras no recurtimento e os Taninos vegetais reproduzem as cores com tons mais escuros, podendo ser trabalhados com as duas procedências, produzindo as tonalidades e acabamento de peles conforme a necessidade.


7) Raspas da Divisora

Tratamento simples e os mesmos procedimentos que podem ser dados a ela

Processando-as as como as raspas convencionais.

E mais ainda, os resíduos destas raspas podem se transformar em alimentos ou adubo reduzindo significativamente os resíduos poluentes.


8) Pele curtida com Titânio

Os riscos com a proteção ambiental são muito menores, pois todos os resíduos deste couro podem ser destinados a elaboração de rações e fertilizantes.


9) Acabamento do couro curtido ao Titânio

Couro acabado em cores naturais sem poluentes. As anilinas e corantes podem ser empregados sem restrições assim como todos os tipos de acabamento sem alterar sua qualidade.


10) Fosqueamento de metais

Determinação de resistência ao fosqueamento de peças niqueladas

Laudo técnico: n/57784 R Centro Técnologico do Calçado Senai

Couro vacum com processo Future

Niquelado com verniz

Peça metálica + couro em ambiente úmido a 50. C---sem alteração.

Laudo técnico: n/57785 R

Couro vacum com processo Future

Ouro com verniz

Peça metálica + couro em ambiente úmido a 50. C---sem alteração.


Instruções de uso do processo future

Na Ribeira


Pré-remolho: Idêntico ao sistema convencional, utilizando 100% de água sobre o peso das peles salgadas.

Rodar fulão, durante 30 minutos, com tampa fechada, descarregar, e iniciar o pré-descarne das peles. Retirando por meios mecânicos a capa de gordura e restos de carne do carnal.


ARTIGO

Remolho: Reidratação da pele, com tenso-ativos aniônicos, produtos para limpeza da pele, dos pelos, regula o pH, faz com que a pele se torne flácida, maleável e macia, retirando todo o sal, deixando com um Be” 0,5 (uma pele caída e sem fio de arame).

Colocar 100% de água, em temperatura ambiente sobre o peso das peles adicionando uma porcentagem de Future 1000, que irá solubilizar as gorduras dos pelos e da epiderme, limpando as bordas do bulbo piloso.

Adicionar Future 2000, tenso ativo aniônico, que rehidrata a pele e faz uma limpeza profunda.

Adicionar soda liquida que elevará o pH da água para facilitar e troca iônica.

Rodar o fulão durante 45 minutos.

Verificar Be” e pH, se estiverem nos padrões previamente identificados, rodar com fulão mais 3 (três) horas.

Esgotar a água do fulão e após lavar as peles durante 30 minutos.


Depilação: Removem e destroem todos os pelos da epiderme, limpando profundamente o bulbo piloso, removendo a queratina e não deixando rufas (resíduos de pelos) na superfície da pele.

Adicionar 30% de água sobre o peso da pele.

Future 3000, para remoção de resíduos de gordura do Remolho.

Soda Líquida, para elevar o pH do banho.

A M 42 (NOKO) utilizado para melhorar a difusão dos demais produtos, isso irá produzir uma depilação suave e profunda, soltando as raízes dos pelos e proporcionando uma pele bem mais aberta, sem formação de rugas nos flancos e na cabeça.

Rodar com o fulão durante 45 minutos.

Verificar pH.

Sulfidrato para iniciar a remoção dos pelos

Rodar o fulão 45 minutos.

Batan D C 2000, que irá agir sobre a epiderme e o bulbo piloso, removendo também a queratina que já foi atacada previamente pelo sulfeto. A ação proteolítica completa a depilação, atuando também nas glândulas sebáceas removendo as gorduras. Ainda possui ação interfibrilares agindo como purga.

Rodar o fulão durante 60 minutos

Sulfidrato: que irá proporcionar uma destruição total nos pelos e um aumento da hidrólise da pele, devido ao aumento acentuado do pH.

Rodar o fulão por 60 minutos.

Alcalinização: Adicionar mais 70% de água no fulão à temperatura ambiente.

Rodar o fulão por 10 minutos.

Adicionar Future 4000 em uma diluição de 1:1, lentamente pelo eixo, de 15 a 20 minutos. Isso irá proporcionar uma abertura fibrosa controlada, mantendo a estrutura da pele intacta aberta e livre, sem obstruções da cal, sem formação de carbonato de cálcio e sem a saponificação junto ao colágeno. Isso será observado no atravessamento mais rápido dos curtentes, dos corantes e dos engraxes.

Rodar fulão durante 3 (três) horas.


Descarne e divisão: Iniciar a operação de Descarnar e Dividir. Estes equipamentos processam em média de 120 peles por hora, com um consumo de água de 700 litros por hora.


Desalcalinização, condicionamento e curtimento: Remover as soluções alcalinas da pele, que deverá estar com um pH 12,5, reduzindo-o para um pH neutro, em torno de (6,5 a 7).

Adicionar 30% de água sobre o peso de pele dividida integral.

Cloreto de Sódio.

Rodar fulão 15 minutos.

Future 5000, em uma diluição prévia de 1:5. Adicionar pelo eixo lentamente, em duas etapas de 30 minutos cada.

Ver pH.

Future 6000 em uma diluição prévia de 1:5. Adicionar pelo eixo lentamente em uma etapa de 30 minutos.

Verificar pH.

Se estiver no padrão previamente identificado, adicionar Curtente determinado.

Seguir as instruções normais de curtimento, verificar o atravessamento, basificar e dar seguimento ao processo.


Autor: Túlio Sergio Fulginiti - Diretor industrial e de desenvolvimento da Degrad Indústria e Comércio de Produtos Químicos Ltda.