Buscar

Computação em nuvem evita paralisação total




Muito tem se falado sobre o papel da internet nesse período de quarentena em razão do Covid-19, no entanto, aliada à conectividade está a computação em nuvem como a saída para impedir a paralisação total de muitas empresas. Fabiana Razera, do setor comercial da BRLink - empresa especializada em gerenciamento de nuvem – lembra que, se por um lado há alguns anos muitas empresas não teriam a possibilidade de manter suas atividades de forma remota somente com a internet, por outro, a crise que o coronavírus acarretou em todo o mundo demonstra que que a computação de nuvem e suas tecnologias associadas são o caminho para uma real transformação digital na economia mundial.


Não somente empresas que atuam com prestação de serviços, mas também indústrias e as que atuam com entretenimento estão sobrevivendo neste momento com seus sistemas baseados na nuvem. “Estamos diante de um cenário no qual milhões de pessoas se esforçam para se manterem produtivas e a nuvem tem permitido isso em diferentes áreas. A Amazon Web Services (AWS), por exemplo, atua como protagonista, permitindo que muitas companhias se adaptem rapidamente a atual realidade”, ressalta Fabiana.


O acesso remoto a sistemas e a colaboração de projetos, o funcionamento de aplicativos, a continuidade da educação, videoconferências, acesso a dados, comércio eletrônico, streaming de vídeos são algumas das demandas atribuídas a essa tecnologia de forma acessível a qualquer modelo de negócio.


As vantagens dos serviços de nuvem vem da capacidade de acessar tudo de qualquer lugar. No tempo de crise, como agora com o Covid-19, os serviços de nuvem permitem não somente o acesso remoto, bem como oferecem maior velocidade e agilidade na hora de manter a continuidade dos negócios da empresa.


O analista e autor da pesquisa global ISG Provider Lens, Pedro Bicudo, afirma que manter seus sistemas rodando em nuvem significa ter a garantia da manutenção da administração desses serviços e desses sistemas de forma remota. “Não é preciso estar dentro de um data center, nem mesmo se locomover até determinada localidade, pois o acesso universal é viabilizado a partir dos sistemas em nuvem, que conta com uma conexão com a internet mais potente”, comenta Pedro.


Além dessas já relacionadas, há vantagens técnicas de se utilizar uma arquitetura mais moderna, que permite que se tenha mais agilidade no sistema, redução de custo e otimização dentro da infraestrutura. Todos esses benefícios, juntos, se traduzem em uma capacidade melhor de fazer negócio em qualquer situação.


Ferramentas que podem auxiliar no trabalho remoto

WorkSpaces - alguns provedores de nuvens oferecem áreas de trabalhos virtuais, como a AWS,por exemplo, que podem ser usadas nos sistemas Windows e Linux e acessadas de qualquer lugar e em qualquer dispositivo.


Docs Compartilhados - facilitam a colaboração da equipe simultânea de um mesmo documento. Com eles, é possível criar, compartilhar e revisar qualquer conteúdo.


Videoconferências - são a bola da vez para ajudar pessoas que precisam manter suas reuniões, aulas e até mesmo eventos e treinamentos. Alguns sistemas em nuvem oferecem opções de reunir, ao vivo, centenas de pessoas. A Amazon conta com a ferramenta Chime, que permite o acesso gratuito durante 30 dias em videoconferências com até 50 usuários.


Chatbots - viabilizam a manutenção do atendimento e a resolução de problemas básicos que surgem no dia a dia. Uma solução que ajuda a filtrar seu atendimento neste momento. Alguns sistemas ainda possibilitam rotear ligações e prover informações de emergência ou serviço customizado para os clientes.


Priorize a utilização de VPN com as nuvens públicas, que permite adicionar segurança em suas conexões, dessa forma, poderá fornecer aos seus funcionários, clientes e até estudantes se conectarem a sua rede.


Controle de acesso e de dispositivos - poderão viabilizar um aumento da produtividade dos colaboradores.

Entre em contato conosco

Revista Tecnicouro

Rua Araxá, 750 - Bairro Ideal

Novo Hamburgo - RS

CEP 93334-000

(51) 3553-1000

Assine a newsletter