Buscar

Componentes para estruturação de bolsas feito de caixa longa-vida reutilizada


A partir da reutilização de caixas longa-vida, a Artecola desenvolveu em parceria com a Tetra Pak o inovador Afix Arteforro ECO 2040, componente usado na estruturação e reforço de bolsas. “Nossa empresa quer liderar a mudança tecnológica pela sustentabilidade, e a cocriação é um de nossos pilares estratégicos. Nesse contexto, firmamos parceria com esta grande fabricante de embalagens longa-vida para dar novo destino a parte de seus resíduos. Nosso propósito é gerar inovação sustentável”, ressalta o presidente executivo da Artecola, Eduardo Kunst.


O novo material tem 90% de sua matéria-prima originadas da reciclagem de embalagens longa-vida, que são usadas em larga escala e, por apresentarem três materiais diferentes em sua composição, são de difícil reciclagem e aplicação. A separação desses materiais, quando possível, resulta em um plástico com mistura de papel e alumínio. “Somos a única empresa na América Latina que produz para o mercado produtos extrusados com fibra vegetal em sua composição. Isso facilitou nossa pesquisa para o desenvolvimento do Arteforro, porque já dominamos o processo com a mistura de fibras vegetais ao polímero”, assegura a Dra. em Ciência e Tecnologia dos Materiais, Alessandra Lemos, da P&D da Artecola. Ela explica que o novo produto além de conter 90% de matéria-prima reaproveitada, apresenta alta performance e é 100% reciclável.


O presidente Eduardo Kunst ressalta que todas estas características estão dentro do conceito de economia circular. “Criar um produto 90% reciclado e de alta performance ainda é um desafio. Conseguimos vencer esta barreira. O mercado de bolsas apresenta demanda média de 600 mil m²/ ano de material estruturante. Se nosso produto fosse aplicado em toda esta demanda, seriam 360 toneladas de embalagens longa-vida recuperadas por ano”, analisa.


A Tetra Pak trabalha com uma rede com 1.500 cooperativas cadastradas em todo o Brasil. São mais de 1 milhão de coletores de lixo, que dependem dessa atividade para o sustento familiar. “Estimulamos a reciclagem, ajudamos a gerar renda e tornamos nosso produto mais sustentável, fomentando a sustentabilidade em toda a cadeia coureiro-calçadista, que é a destinatária do novo produto”, enfatiza Eduardo. “Além disso, trabalhamos também com a sustentabilidade econômica para a nossa empresa, já que criamos um material para um segmento no qual ainda não atuávamos, que é o de materiais para estruturação de bolsas”, salienta o executivo.


O gerente de marketing da Artecola, Jairo Miguel Korndoerfer, observa que o resultado deste novo desenvolvimento vai além das discussões sobre custos da matéria-prima, mas sim sobre o impacto ambiental gerado pelos produtos e a Artecola, através de seus desenvolvimentos, busca provocar uma postura sustentável nas empresas. “A Artecola é referência em sustentabilidade, 80% dos produtos comercializados hoje são de linhas sustentáveis, principalmente sem substâncias restritas. Para isso é fundamental estabelecer parcerias, e a grande satisfação é que toda a cadeia produtiva do sistema coureiro-calçadista trabalha para isto”, assegura.


Lançamento premiado


O Afix Arteforro ECO 2040 foi lançado no mercado durante a Fimec 2022, recebendo duas premiações nacionais: o Prêmio Primus Inter Pares, promovido pela Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couros, Calçados e Artefatos (Assin- tecal), na categoria Sustentabilidade - Médias e Grandes Empresas e o Prêmio Lançamentos Fimec, promovido pelo Grupo Sinos, por meio do Jornal Exclusivo e da Revista Lançamentos, em parceria com a Fenac Experiências Conectam, na categoria Sustentabilidade.