Buscar

Certificação Máxima no Origem Sustentável


A Vulcabras iniciou o ano conquistando o nível máximo do Origem Sustentável - único programa de certificação de sustentabilidade na cadeia calçadista mundial. A entrega do certificado aconteceu no dia 25 de janeiro, durante a realização da 25ª edição do Inspiramais, em Porto Alegre/RS. O evento contou com as presenças de dirigentes da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados) e da Associação Brasileira das Empresas de Componentes para Couro, Calçados e Artefatos (Assintecal), entidades realizadoras do Programa.


Com uma produção de mais de 25 milhões de pares por ano e empregando mais de 16 mil colaboradores nas unidades produtivas de Horizonte/CE e Itapetinga/BA, no Centro de Distribuição de Extrema/MG, no Centro de Desenvolvimento de Parobé/RS e nos escritórios administrativos mantidos em São Paulo, a Vulcabras é considerada uma das maiores empresas do setor calçadista mundial. A certificação Diamante no Origem Sustentável, concedido a em- presas que alcançam mais de 80% dos indicadores de sustentabilidade no processo produtivo.


No âmbito da sustentabilidade, a empresa é a primeira calçadista nacional a utilizar energia 100% livre de emissão de CO2, com geração eólica. Além disso pratica 100% de reuso de água, por meio de tratamento próprio de efluentes na unidade de Horizonte/CE. No Centro de Distribuição de Extrema/MG o reuso é de 40%. Segundo o gerente de sistema de gestão integrada (SGI), Luiz Otávio Gói, o reuso na unidade cearense se faz ainda mais relevante devido ao contexto regional de crise hídrica. “Des- de a implementação do sistema foram tratados mais de 60 milhões de litros de água”, conta Luiz Otávio. Já na unidade de Itapetinga/BA, o destaque fica por conta do projeto Zero Aterro, que zerou a geração de passivo ambiental, com todo o resíduo sendo reaproveitado na produção de novos calçados e componentes. Conforme relatório de sustentabilidade da Vulcabras, em 2020, foram recicladas mais de 127 toneladas de plástico, 161 toneladas de EVA e 35 toneladas de TPU (poliuretano termo- plástico).