top of page
Buscar

Certificação Funcional alcança o mundo literário


Em média, o processo de alfabetização tem seu início no primeiro ano do Ensino Fundamental, por volta dos seis anos de idade, e espera-se que a partir disso os alunos saibam ler e escrever aos oito a nove anos, quando se encontram no terceiro ano. Tem se tornado um desafio para os educadores incentivar o hábito da leitura diante dos atrativos da tecnologia, dos jogos, redes sociais, podcast...


A leitura é um ótimo instrumento de aprendizagem através do qual se aprende qualquer conteúdo, bem como se desenvolve capacidades cognitivas superiores, como a reflexão, a crítica e a consciência dos processos de pensamentos tanto próprios quanto alheios.


No contexto das pessoas idosas, estudos científicos apontam que os benefícios do hábito da leitura vão muito além de adquirir conhecimentos, contribuindo para postergar o aparecimento ou o avanço de doenças neurológicas degenerativas. A leitura é uma das medidas mais simples e ao mesmo tempo mais eficaz de prevenção de doenças, podendo haver uma diminuição do hormônio do estresse, desacelerando os pensamentos, bem como o ritmo da respiração, além de reduzir o risco de desenvolver doenças psicológicas e degenerativas, como o Alzheimer, ansiedade e até mesmo a depressão.


De acordo com a neurologista Joana D´Arc Loureiro, a leitura se beneficia da neuroplasticidade do cérebro, onde, segundo ela, “trabalha com a imaginação, a memória, com processos cognitivos que utilizam todo o cérebro, colocando-te dentro de vidas que você não viveu, traz experiências que você não teve. Esse hábito traz o mundo inteiro para dentro da sua cabeça, estimulando sinapses, utilizando outros neurônios e causando uma atividade geral da mente”.


Além destes benefícios, a leitura enriquece o vocabulário, aumentando assim a competência dos idosos para se comunicar e melhorar seus relacionamentos interpessoais. A disposição para aprender, adquirir novos conhecimentos amplia a compreensão do mundo e dessa maneira cria um sentimento de pertencimento.


Uma maneira de manter o leitor mais longevo interessado na leitura é adaptar o livro aos seus leitores e este aspecto o livro Manual prático para ser jovem por mais tempo, cujo autor é Aurélio Alfieri, atendeu, e por isso foi certificado com o Selo Funcional emitido pelo Instituto Brasileiro de Tecnologia do Couro, Calçado e Artefatos (IBTeC).


Para a certificação do livro levou-se em consideração os quesitos Manuseio, que avalia o peso, tipo de papel e o tipo de impressão, o Design, que considera o layout, a diagramação, os tipos de fontes utilizados, bem como o vocabulário, a nitidez e a clareza nas ilustrações, sendo este considerado adequado ao público adulto mais longevo.


A publicação, que traz orientações de exercícios físicos para o público maduro, tornou-se o primeiro livro a conquistar a certificação Funcional assegurando ao leitor atributos de fácil leitura, a começar pela sua estrutura, como a cor do papel, o grau de opacidade, as fontes maiores que contribuem para diminuição do cansaço visual.


O conforto visual beneficia muito a visualização por longos períodos, especialmente aos olhos dos 60+.


Outro aspecto levado em consideração na avaliação foi o conforto e a usabilidade tátil, que se traduz em facilidade para folear as páginas. A gramatura e a opacidade do papel proporcionam bordas fáceis de serem percebidas, separadas e pinçadas - combinação que oferece grande conforto no manuseio. Já o tipo de papel utilizado reduz riscos de corte na pele ao folhear as páginas, uma vez que a pele das pessoas fica mais fina com o passar dos anos.


Por todos os aspectos relacionados à diagramação, às características dos materiais utilizados, à linguagem explorada no texto e às ilustrações de orientação, considerou-se que o livro em questão atende os atributos de manuseio e design necessários para todos os públicos, inclusive aos idosos.


Com a crescente demanda de longevos é de suma importância adaptar os produtos oferecidos pelo mercado de modo que todas as fases da vida sejam completadas. Entender e se adaptar a este novo contexto torna seu produto e sua empresa diferenciadas.





Comments


bottom of page